COMPARAÇÃO ENTRE AS RAZÕES EXTERNAS E INTERNAS AO INDIVÍDUO QUE O LEVA À PRÁTICA DE CRIMES

A análise em questão tem como intuito buscar compreender e ao mesmo tempo diferenciar através de teorias os motivos internos (psicológicos) e externos (sociológicos) ao indivíduo que o levam a prática de crimes, ou seja mediante um método dialético a presente pesquisa busca averiguar se o criminoso comum é um fruto do meio em que vive ou se este surge a partir de fatores intrínsecos a sua pessoa.

Participantes: Caroline de Souza Teixeira, Edervan Santos Chiarelli, Rhonny Petherson Munhoz, João Victor Barbosa Soares Sousa, William Timachi Madrid.


XI ENPEX- ENCONTRO DE ENSINO E PESQUISA E EXTENSÃO.COMPARAÇÃO ENTRE AS RAZÕES EXTERNAS E INTERNAS AO INDIVÍDUO QUE O LEVA À PRÁTICA DE CRIMES. 2011. (Encontro).